Serendipity

The laws of chance, strange as it seems,
Take us exactly where we most likely need to be
[David Byrne]

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Pelicano?

Ontem, no intervalo de 15 minutos e à hora do jantar, ligaram-me duas vezes para vender qualquer coisa do Barclays. O telefone fixo começa a servir só para estas coisas mas às vezes ainda calha ser a minha mãe a ligar ou a Karma.

No segundo telefonema já estava um bocado incomodada e perguntei onde é que o Barclays tinha obtido os meus contactos. A resposta estava pronta: "através de uma empresa chamada Pelicano, é uma editora".

E onde é que essa Pelicano, de que eu nunca ouvi falar, arranjou o meu contacto? Ah isso como deve compreender não é da nossa responsabilidade. É sim da vossa responsabilidade que compram as listas com os dados e têm que se assegurar que podem ser usados para esta actividade abjecta chamada telemarketing que é quase tão eficaz para a venda de bens e serviços como as manifestações de professores hão-de ser para acabar com as avaliações dos ditos. Então voltaremos a ligar noutra ocasião. NÃO! Vai mas é apagar o meu contacto dessa lista. Com certeza. Imagino.

2 Comments:

Anonymous R said...

E Citibank, ainda não tiveste o desprazer? Eu até costumo ter paciência, mas o pessoal do Citibank abusa: ligam, voltam a ligar, ligam outra vez passado uma semana... já lhes disse 43 vezes que não quero nenhum cartão de crédito!

12:42 da manhã  
Blogger Sam said...

Há bastante tempo que o Citibank não me diz nada.
Tenho alguma pena deles e delas que devem passar os turnos a levar pancada, mas já devem existir estudos que demonstrem que esta técnica não vende. Ou será que vende?

1:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home