Serendipity

The laws of chance, strange as it seems,
Take us exactly where we most likely need to be
[David Byrne]

quinta-feira, 26 de outubro de 2006

Vida real

Uma pessoa criou um blogue anónimo para dizer mal de outra. O visado apresentou queixa-crime. O Ministério Público identificou o endereço de IP que alimentava o blogue e constituiu arguido o assinante do respectivo serviço de ligação à internet. Este prestou declarações esclarecendo que nada percebia de equipamento informático e que quem usava a internet lá em casa era o filho. O processo foi arquivado quanto ao pai, o filho foi constituído arguido e, contra ele, foi proferida acusação pelo crime de difamação. Segue-se o julgamento no mês que vem.

3 Comments:

Blogger MissPearls said...

Olá

Se entretanto continuar a acompanhar o processo, será que poderia escrever quando saísse a sentença? Gostava imenso de conhecer este desfecho.
Obrigada
ISAbel

12:13 da tarde  
Blogger Sam said...

Claro, Isabel.

11:49 da manhã  
Blogger inês said...

acho muito bem. esta gente que pensa que pode fazer concorrência aos jornais assim sem mais nem menos... pfff ;)
sim, conta o desfecho. também gostava de saber.

1:40 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home