Serendipity

The laws of chance, strange as it seems,
Take us exactly where we most likely need to be
[David Byrne]

quarta-feira, 12 de abril de 2006

O meu assunto (2)

[de um email:]
É uma estranha contradição que a periferia do amor seja segura. E que o centro seja tão perigoso como o bairro do fim-do-mundo.

1 Comments:

Anonymous Mariazita said...

Gosto de me passear por aqui... faz-me bem!
Ao ler-vos lembrei-medo Bairro do Amor de Jorge Palma: "No bairro do Amor a vida é um carrocel... no bairro do Amor cada um tem que tratar das suas nodoas negras sentimentais... é pá deixa-me abrir contigo, desabafar contigo, falar-te da minha solidão... ai é bom sorrir um pouco, desabafar um pouco, eu sei que tu compreendes bem!

3:08 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home