Serendipity

The laws of chance, strange as it seems,
Take us exactly where we most likely need to be
[David Byrne]

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Forever young

Há sempre um facto que me contraria quando finalmente me convenço da velhice dos 78 anos da minha avó.

Ontem à noite, fomos ao Ikea comprar a secretária que ela prometeu oferecer ao bisneto. Estivemos naquela loja cerca de três horas! Trouxemos não sei quantas coisas e nem sequer levámos o que tínhamos ido buscar porque me esqueci de tirar medidas.

Batiam as onze da noite quando chegámos a casa. O meu corpo achava-se de rastos, a desejar ardentemente esticar-se na cama. Mas a senhora, dona de uma leve surdez e de uma pesada teimosia, estava com uma certa fome e comentava, ligeira: “Que bela terapia! Sentia-me um bocadinho trôpega mas agora já não me doem as pernas.”

1 Comments:

Anonymous a mãe said...

No mesmo dia em que lhe levei as compras do supermercado, com um ligeiro remorso por não ter levado na véspera, quando mas pediu, por não se sentir com forças para sair há uma semana...

7:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home