Serendipity

The laws of chance, strange as it seems,
Take us exactly where we most likely need to be
[David Byrne]

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Sei que há muito a nos separar (tanto mar)


Foi na primeira mesa a contar de cá

Era uma vez um nigeriano, uma singapureana, um iraniano residente no Dubai, um argentino e uma portuguesa. Estavam a jantar à beira do mar Egeu na ilha de Hydra. Vai daí a portuguesa dá o ar da sua graça dizendo que só agora, com esta visita, tinha ficado a saber que o Leonard Cohen viveu em Hydra e ali comprou uma casa. Num instante se percebe que ninguém naquela mesa tinha ouvido falar no Leonard Cohen. Tentando evitar a barreira que se começava a erguer e que levaria à exclusão auto-infligida da portuguesa, esta justifica o seu entusiasmo explicando que é fã de Leonard Cohen e que até já tem bilhetes para o concerto em Lisboa no próximo mês. É então que o argentino exclama surpreendido: "A sério? Mas esse será o mesmo que viveu em Hydra?". Logo o argentino, que estava a ir tão bem.

2 Comments:

Anonymous Bix said...

Cambada de ignorantes! ;)

9:31 da tarde  
Blogger Sam said...

Estive vai não vai para os deitar todos à água mas se calhar não sabiam nadar e era chato.

7:13 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home